albufeira

Imagine um destino com pouco mais de 40 mil habitantes e nada menos que 20 praias com excelência certificada. Pois bem, esse destino existe, apesar de pouco divulgado por aqui: é Albufeira, na costa de Algarve, em Portugal. Não tem quem não se apaixone: as praias são cercadas por casas brancas, penhascos e fortes antigos, que dão um toque todo especial ao local.

20 das 24 praias de Albufeira receberam a Bandeira Azul, que é a certificação de excelência do balneário. Os critérios de atribuição da bandeira azul incluem diversos parâmetros em categorias como qualidade da água, informação e educação ambiental, conservação do meio-ambiente local, segurança, serviços e infra-estruturas de apoio. Aliás, Portugal é o país europeu com o maior número de praias certificadas.

Entre as praias mais conhecidas está a Praia da Falésia, com um visual estonteante e toda a infra-estrutura necessária para o conforto do turista. As falésias coloridas contrastam com a areia branquinha e a água cristalina. O clima é tranquilo, e é possível frequentar o lugar com a família inteira.

As outra praias do município são: Praia de Santa Eulália, Praia dos Salgados, Praia da Galé Oeste, Praia da Galé Este, Praia do Evaristo, Praia do Castelo, Praia da Coelha, Praia de São Rafael, Praia dos Arrifes, Praia do Inatel, Praia dos Aveiros, Praia da Oura, Praia Maria Luísa, Praia dos Olhos D’Água, Praia do Barranco das Belharucas, Praia da Rocha Baixinha Oeste, Praia da Rocha Baixinha Este e Praia Manuel Lourenço.

Outra boa alternativa para quem viaja com a família é o Zoomarine Algarve, também localizado em Albufeira. O local é uma mistura de zoológico marinho com parque aquático, e você tanto pode aproveitar as piscinas do local quanto os shows com golfinhos e outros animais. No local também é possível nadar com os golfinhos, mediante o pagamento de alguns (muitos) euros.

Ficou com vontade de conhecer? Pesquise hotéis em Albufeira.

 

Demi Lovato Performs For G-A-Y Club Night At Heaven In London

 

Você adora a boa música pop, gosta de curtir uma noitada e não tem preconceito? Então anota que essa é uma BAITA dica: quando for a Londres, não deixe de conferir a programação da G-A-Y, uma das boates LGBT mais tradicionais do mundo e que apresenta toda semana atrações INCRÍVEIS no seu palco. Foi lá que, só nos últimos meses, Lady Gaga se apresentou completamente nua, Lily Allen colocou uma peruca e fez uma paródia de Beyoncé e Miley Cyrus apareceu montada em um pênis inflável gigante. Todos os maiores nomes do gênero já se apresentaram naquele palco, de Britney Spears a Madonna.

Mas não é só isso: além de ter a oportunidade de ver um artista desse calibre ao vivo, você paga quase nada por isso. Basta estar usando a pulseira de acesso para ter a entrada garantida, por um valor que nunca ultrapassa as CINCO LIBRAS. Inacreditável? Pois bem, é verdade.

E como conseguir a pulseira para a G-A-Y?

Muito simples, meu jovem padawan. Além do G-A-Y Club, Londres também conta com o G-A-Y Bar, em pleno Soho (Old Compton St, 30). Você chega lá, pede a pulseirinha e pronto! É só ir para o club, entrar na fila preferencial e curtir a noitada. Facinho, facinho.

E que tal a noite na G-AY?

Vou contar a minha experiência pessoal: fui para lá com uma amiga brasileira, um angolano e um islandês, para ver o show de uma cantora incrível que havia participado do The X-Factor, Melanie Masson. Ao tentar entrar, meu pior pesadelo virou realidade: a moça na porta não nos deixou entrar. Alegou que a casa ia lotar aquela noite, que eles davam preferência ao habitués da casa, enfim, não foi com a nossa cara. Como eu sou brasileira e não desisto nunca, vi a tal fila da pulseirinha. Peguei um táxi, busquei as pulseiras, e entramos felizes pela outra porta. O lugar é enorme, tem diversas pistas, com som muito bom. Perto das boates gays brasileiras, achei o pessoal comportado até demais. E o show foi incrível: ficamos muito perto do palco e curtimos horrores. É o tipo de lugar que eu voltarei sempre que tiver oportunidade.

 

Fica na Villiers Street, abaixo dos arcos, bem do lado da estação Charing Cross. Para ficar por dentro da programação, confira a página no Facebook.

Procure hotéis em Londres para curtir essa experiência incrível!

punta cana

Quando pensamos ou falamos em destinos turísticos há alguns nomes que nos vem sempre a cabeça. É o caso do Caribe, onde se insere a também famosa República Dominicana que, com praias idílicas e resorts fantásticos, estão sempre no imaginário e sonho de várias pessoas. Ainda assim, dentro da República Dominicana a província mais conhecida é a mais oriental do país, Punta Cana.

Com cerca de 100 mil habitantes, Punta Cana é a principal atração de uma ilha que depende inteiramente do turismo. Também o fato de o aeroporto internacional do país ser precisamente em Punta Cana e os principais hotéis e resorts estarem lá situados fazem deste um local bastante aprazível para os turistas.

Banhada pelo mar do Caribe e pelo Oceano Atlântico a potencialidade turística desta região começou a ser mais explorada na década de 70 com grandes investimentos em resorts adaptados ao meio ambiente e paisagem envolvente. A partir dessa altura grandes nomes de cadeias de hotéis e resorts tiveram interesse em investir na região e ser um destino de férias com condições que poucos oferecem.

punta cana hard rock

É o caso do Punta Cana Hard Rock Hotel & Casino que se encontra situado na margem da ilha com acesso e vistas privilegiados a uma das praias magníficas, ao longo dos seus 121 hectares de dimensão, e dispõe no seu complexo de todo o tipo de luxos que um turista procura e fazem deste um dos principais símbolos turísticos da região. Este resort contém 13 piscinas diferentes, 19 bares e salões, um clube infantil, providencia massagens gratuitas, uma grande e moderna academia, um spa com serviço completo, um campo de golfe profissional e ainda um grande casino. Ideal para casais, famílias e para quem apenas queira disfrutar de um luxuoso complexo e atrações.

Com isto o hotel garante ser o local ideal para praticamente todo o tipo de pessoas e oferece também a possibilidade de ser um destino de jogo, algo que tem vindo a crescer nos últimos anos. Isto porque os jogos de cassino sempre foram uma atração para os seus jogadores, mas com o advento da Internet e a massificação de tablets e smartphones, este tipo de jogos de casino ganhou uma dimensão ainda maior. Isto porque é possível consultar sites e apps em que cada jogador, por exemplo, descubra os melhores jogos de casino online em JogosdeCasino.pt e outros sites em qualquer lado, com bastante rapidez e segurança através de um destes aparelhos. Neste sentido, os casinos online que organizam os eventos de jogos como pôquer e blackjack, por exemplo, realizam vários torneios em locais paradisíacos com tudo pago e promovem não só o turismo como o turismo dedicado ao jogo. Nesse sentido, este resort em Punta Cana é uma forte possibilidade já tendo mesmo recebido alguns torneios importantes.

punta cana mar

Independentemente do resort ou hotel que se escolha este é um destino turístico que vale a pena pelas suas praias, clima e turismo presente na região. No entanto, não é aconselhável a que os turistas saiam dos seus resorts por se tratar de um país que tendo uma grande parte de natureza intocada e, na sua maioria, de população pobre pode gerar problemas relacionados com roubos e de segurança para os mesmos e é frequente ver seguranças fortemente armados na entrada de cada resort e também escolta policial do aeroporto para os resorts.

Ainda assim, praticamente toda a região litoral do país está muito vigiada e contém resorts, o que permite que os turistas se aventurem em expedições organizadas para lá das fronteiras dos resorts (que já por si são enormes) e conheçam a cultura natural do país bem como toda a sua alimentação, pessoas (que na sua maioria são muito simples, humildes e simpáticas) e locais ou pontos de interesse fantásticos e históricos de expedições marítimas que por ali passaram há vários séculos atrás.

Opções não faltam para desfrutar um dos mais concorridos destinos turísticos do mundo e sabe-se que quem vai quer voltar e quem não foi ainda deseja conhecer.

museu da casa brasileira (6)

Na minha última visita a São Paulo tive a oportunidade de conhecer um lugar interessantíssimo, um verdadeiro oásis em plena Faria Lima: o Museu da Casa Brasileira. O museu foi instalado em um casarão do início do século XX, tem uma história interessantíssima e é indicado principalmente para quem curte arquitetura e design.

museu da casa brasileira (7)

O local mostra um pouco da história do mobiliário e de todos os objetos que compuseram as casas brasileiras no passado. No primeiro andar também rolam exposições temporárias, e quando visitei o local quem estava em cartaz era o trabalho do arquiteto austríaco Harry Seidler. A mostra já acabou, mas dá pra ver toda a agenda do museu no site.

museu da casa brasileira (8)

O segundo andar, por sua vez, é dedicado à história dos antigos moradores do casarão, do bairro e de São Paulo em geral. É uma volta ao passado bastante agradável, mas o que mais curti no segundo andar foi a área externa, com uma visão privilegiada para a avenida. É uma doideira estar em um lugar tão tranquilo, assistindo a correria da cidade de camarote.

museu da casa brasileira (9)

Voltando ao andar de baixo, também é possível curtir o belo restaurante do museu – que no dia da visita estava fechado para receber um evento – e o jardim imenso, com bancos para curtir a natureza na maior tranquilidade. Se eu trabalhasse na região, certamente ia escolher o lugar para relaxar no horário de intervalo.

museu da casa brasileira (10)

Outra coisa que vale a pena é ficar atento à programação de espetáculos no local. Aos domingos rola chorinho no museu, e a atração é sempre super disputada, com um grande público para curtir a música.

museu da casa brasileira (11)

O Museu da Casa Brasileira fica na Avenida Brigadeiro Faria Lima 2705, e funciona de terça a domingo, entre 10h e 18h. O ingresso custa R$ 4,00 (R$ 2,00 para estudantes) e a entrada é gratuita aos domingos.

museu da casa brasileira (5)

Para curtir essa e outras atrações, pesquise hotéis em São Paulo.

Veja mais fotos:

museu da casa brasileira (1)

 

museu da casa brasileira (2)

 

museu da casa brasileira (3)

 

museu da casa brasileira (4)

Bondinho (foto: Julio Marcello)

Bondinho (foto: Julio Marcello)

Gostoso no inverno, mas interessante em todas as épocas do ano, Campos do Jordão dispõe de muitas atrações para garantir sucesso no passeio turístico de seus visitantes. De início, é possível visitar o Palácio Boa Vista, onde obras de arte dos principais artistas brasileiros são expostas, e o Museu Felícia Leirner, que a céu aberto, impressiona a todos com a vista para a Pedra do Baú, além das diversas peças colocadas em pontos estratégicos.

Capivari (foto: Julio Marcello)

Capivari (foto: Julio Marcello)

Para aqueles que gostam de contemplar as histórias e cultura de uma cidade, também é possível encontrar também próximo a esses passeios gratuitos, um outro museu, só que desta vez que retrata a arte de imprimir com tipos de madeira, o Museu Casa da Xilogravura. Localizado em um bosque próximo ao centro, o Mosteiro Beneditino de São João é parada obrigatória, tanto para apreciar os jardins como para descansar perto do lago ou da gruta presentes ali. Todos os dias, às 17h45, é possível ouvir a oração das monjas, com cantos gregorianos em latim, grego e português, o que tranquiliza mais ainda os visitantes.

Festival de Inverno (foto: Julio Marcello)

Festival de Inverno (foto: Julio Marcello)

Mas é impossível passar pelo coração turístico de Campos e não se deslumbrar. O Capivari é onde está localizada as melhores lojas e restaurantes. É lá que ficam a praça Benedito Calixto, o Boulevard Geneve e a igreja de São Benedito. Outra atração turística é a Cervejaria Baden Baden, que além de ser o bar mais famoso do Capivari, oferece visitas guiadas sobre as cervejas artesanais produzidas na cidade.

Horto (foto: Prefeitura Campos de Jordão)

Horto (foto: Prefeitura Campos de Jordão)

Uma atração paga, mas realmente linda, é o parque Amantikir, que possui jardins temáticos, com 680 espécies de plantas divididas em 22 espaços, onde cada um mostra uma cultura diferente. A entrada é R$ 25,00 por pessoa, mas oferece até um labirinto em estilo inglês, para quem deseja “se perder” nos encantos da natureza. Outro parque conhecido é o Horto Florestal, uma das maiores reservas de árvores coníferas do Estado de São Paulo, e que oferece além das paisagens, uma vasta área de lazer.

Pico Itapeva  (foto: Prefeitura Campos de Jordão)

Pico do Itapeva (foto: Prefeitura Campos de Jordão)

Garantindo ainda mais diversão a um roteiro para Campos, é possível encontrar o Morro do Elefante, onde desembarca uma das principais atrações locais – o teleférico. Inaugurado em 1972, e sendo o primeiro construído no Brasil, o teleférico oferece vista panorâmica da cidade aos visitantes. Para os pequenos, uma boa opção é a Ducha de Prata, que reúne várias quedas d’água artificiais e passarelas de madeira para observação.

Portal  (foto: Prefeitura Campos de Jordão)

Portal (foto: Prefeitura Campos de Jordão)

Ainda é possível conhecer o Pico do Itapeva, que tem uma das vistas mais privilegiadas da Serra da Mantiqueira, a 15km do Capivari, e a Vista Chinesa, que geralmente é a última parada nas viagens a Campos do Jordão, e que garante boas fotos e despedidas, com uma bela vista do Vale do Lageado.

Para chegar a Campos do Jordão a partir de São Paulo, basta seguir pela Rodovia Dutra ou Rodovia Ayrton Senna-Carvalho Pinto até a altura da cidade de Caçapava, então subir a serra pela Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro até o portal de Campos do Jordão. Para saber mais informação sobre pousadas em Campos do Jordão acesse a página da cidade no site Roteiro de Turismo: http://www.roteirodeturismo.com.br/hoteis-e-pousadas/sao-paulo/campos-do-jordao/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...